terça-feira, 24 de março de 2015

O Manequim

Olá admiradores das trevas, aqui é o Obscuro.Trago a vcs esta creepy muito interessante, espero que gostem.

1º de junho, 1922 
Querido diário,
Minha mãe me deu um manequim para pôr meus acessórios na vitrine da loja. É estranhamente pesado para um manequim, mas um manequim afinal de contas. Agradeci muito, já que provavelmente atrairá mais mulheres para minha loja de roupas.

5 de junho, 1922
Querido diário,
Eu estava trabalhando na loja hoje quando um cliente alarmado me disse que o manequim o estava encarando. Isto é estranho, já que o manequim não possui olhos. Apenas uma face em branco. Fui verificar o manequim, e pareceu mesmo que ele estava me encarando intensamente. Estranho.

6 de junho, 1922
Querido diário,
Hoje o dono da loja de penhores vizinha sumiu. Fiquei triste, já que éramos amigos. Também parece que meu manequim desapareceu. Deve estar nos fundos.

7 de junho, 1922
Querido diário,
Achei meu manequim. Algum louco o vestiu com as roupas do dono da loja de penhores e o colocou do outro lado da janela! Eu sou agora suspeita de assassinato do pobre homem! Isso é completamente absurdo! Eu mal posso esperar até ele ser encontrado!

15 de junho, 1922
Querido diário,
Hoje eles declararam o pobre homem como morto. Eu sou a maior suspeita de tê-lo assassinado. Estou muito assustada! Porque a polícia pensa que fui eu?!

1º de julho, 1922
Não

3 de julho, 1922
Alguém arrancou uma folha inteira do meu diário. Para substituir a página, resumirei o final de junho. Minha irmã está desaparecida. Novamente, algum assassino cruel colocou as roupas no meu manequim! Meus clientes continuam me contando histórias de manequins encarando, e agora fazendo expressões faciais para eles. Eu vou tirar este manequim daqui e vendê-lo, está assustando os clientes.

4 de julho, 1922
Você vai se arrepender disso

5 de julho, 1922
Algo está acontecendo. O manequim foi movido até o fundo da loja. Eu ouço pessoas batendo na minha porta à noite, minha janela foi arrombada. Eu ainda não achei um comprador para o manequim. Eu mandei um anúncio para o jornal, mas alguém trocou-o pelas palavras "Não não não não não não!".

10 de julho, 1922
Minha mãe! Ela desapareceu também! Independente do lugar onde fico na loja, o manequim agora não para de me encarar! Minha pobre mãe! Onde será que ela está?

17 de julho, 1922
As roupas dela! As roupas dela NO MANEQUIM! Eu não acredito que me tomou tanto tempo para entender, mas eu acho que é o manequim!

18 de julho, 1922
MORRA
-

Esse diário era um dos itens encontrados na casa da desaparecida Mary Stanfield. Suas roupas foram encontradas no manequim de sua loja. O manequim foi vendido a um novo dono em NY


Fonte: Creepypasta Brasil

Divulgue minha palavra.Divulgue a "Verdade Oculta".

sábado, 21 de março de 2015

Lado Obscuro

Olá admiradores das trevas, aqui é o Obscuro. Trago a vcs minha a minha nova creepy, espero que gostem.

"Não se pode fugir do que realmente você é...". Essa frase resume todo esse texto.

A humanidade pode tentar negar minha existência, mas eu sempre estive lá, dentro de cada um deles, aqueles humanos desprezíveis.

sexta-feira, 13 de março de 2015

Livro Dons: Livro 1 - Etério

Olá, aqui é o Obscuro.Trago a vcs este livro de um amigo meu, ele tem uma história bem interessante e nem um pouco clichê.Abaixo esta o link do livro.

Livro Dos Dons: Livro 1 - Etério

Estarei deixando o Facebook dele, caso alguém queira entrar em contato com ele: Werson Cavalcante





quarta-feira, 11 de março de 2015

Relato - Possivel The Raker

Olá, aqui è o Obscuro.Trago a vcs este relato de um amigo meu, espero que gostem.

Olá me chamo Wesley, vou relatar uma história que aconteceu comigo a uns anos.

domingo, 8 de março de 2015

Canal no YouTube




Olá, aqui é o Obscuro e peço a vcs que vejam o video, se inscrevam e ajudem a divulgar, por favor!

http://youtu.be/5VpW6BKpn6A